segunda-feira, 27 de julho de 2009

Ao Vento


(Foto: André L. Soares)
.
.
.
AO VENTO
(André L. Soares)
.
Ah... esse coçar a fronte
que faço se estou tenso,
esse mirar em frente
como quem olha pro nada,
perdido tal buscasse
a imagem do impossível
ou a inacessível resposta
à pergunta que nem fiz.
.
Ah... que sensação é essa,
como se o mundo fosse leve
e eu voasse em um monociclo
pelas ruas, ladeira acima,
atrás dos sonhos distantes,
lançados por sobre as ondas,
de encontro aos furacões,
na contramão das marés.
.
Ah... tem ainda a sonolência,
uma vontade de estancar
e viver pleno na saudade,
pra te sentir como música,
pra te ver em meio aos lírios,
pra te amar de forma mágica,
balançando num trapézio,
sob o ‘Cirque du Soleil’.
.
.
.

.
Leia também:
Gritos Verticais /O Poema de Cada Dia /Poética Herética /Raiz de Cem /Sons de Sonetos

16 comentários:

  1. Ah, como me senti suave em contemplar tão lindo poema!
    Soberbo!

    Sua fã aqui,
    Débora

    ResponderExcluir
  2. Como é bom ser embalada na brisa suave deste poema!

    Muito bonito André.
    Luísa

    ResponderExcluir
  3. Esse poema é tão gostoso como o vento no rosto num dia de verão. E linda essa rosa.

    ResponderExcluir
  4. Aiiii amigo... inspiradíssimo como eu ando! Tudo é melodia! Tudo é composição. Tudo é possível! O vento vai... balança nos sonhos, desejos, refresca nosso espirito... tudo fica levemente doce... sabe, amigo... to suspirando faz dias e voce vem com esta beleza para fazer quem ama versos continuar embalado em singelos devaneios...

    Este comentário ficou meio poético é que estou assim... como este vento...Bjs

    ResponderExcluir
  5. Anônimo10:56 PM

    te amar de forma mágica,lindo !
    o verdadeiro amor é realmente mágio.Parabéns amado a paz!

    ResponderExcluir
  6. "Balançar num trapézio sob o Cirque de Soleil ..." não há necessidade de comentar; sentir apenas. abraços Marco

    ResponderExcluir
  7. Anônimo12:05 PM

    De vento em popa né, meu querido Lobodomar!

    Ah, você sabe que ADORO "Ao vento". Que mais posso dizer dessa postagem tão emocionante e que inspira tantos sonhos...

    Afinal, quem é você? Uma suave brisa Doce Poeta? ;)

    Beijussssssssss, querido!

    ResponderExcluir
  8. aí, muito bonito poema, gostei...

    ResponderExcluir
  9. A leveza do amor é a brisa suave que nos embala as emoções.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  10. Parabéns lindo poema te deixo um pensamento que tenho aqui guardado:
    "O pessimista se queixa do vento, o otimista espera que ele mude e o realista ajusta as velas."
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  11. Ola cara gostaria de fazer parceria de link cara, po favor me ajude, bubasuperblog.blogspot.com e blogdicas.com vlws cara desde ja me mande um email ou deixe comentario nas paginas vlws cara obrigado

    ResponderExcluir
  12. Olá, o seu blog está ótimo. Muita informação interessante e bem organizado.

    Gostaria de fazer parceria com o meu? É o http://www.viver-a-vida.com/ tudo sobre a próxima novela de Manoel Carlos na Globo.

    Aguardo sua resposta. Até +

    ResponderExcluir
  13. Oi André!!
    Estou feliz com sua chegada ao Blog...obrigada!
    Durante setembro estarei postanto muitas flores...vç tem muitas...e belas aqui. Se não se importa, gostaria de postar algumas na imagem do dia.Aguardarei tua resposta.
    Aos poucos vou lendo seus poemas, já vi alguns que gostei ...parabéns! Beijos
    Márcia.

    ResponderExcluir
  14. Oi !

    Seu blog é bem bacana, e eu já lí matérias bem legais aqui, parabéns !
    Você faz parte do diHITT né ? Pois é, eu estava vendo outras redes sociais, como o Rec6, o Linkto, o Linkk, e aí achei um novo, muito legal, que acho que vai ajudar você á divulgar ainda mais seu ótimo blog.
    O nome do site é PC Chip, o link dele é http://www.pcchip.com.br

    Acho que você vai gostar, viu !

    E mais uma vez, parabéns pelo blog, tá bem legal, adoro !

    Beijo !

    Fernanda

    ResponderExcluir
  15. ESTE POEMA ME EMOCIONOU E ME ENCANTOU,NÃO CONSEGUI NÃO POSTAR ESTE ELOGIO: ELE É UM VOO, UM VOO QUE NOS FAZ SENTIR NO VENTO A PELNITUDE DA VIDA... AMO APOESIA, E VOLTAREI A VISITÁ-LO, CARINHOS E ABRAÇOS, CONTINUE NAS NUVENS...
    jORGE BICHUETTI

    ResponderExcluir
  16. Adoravel

    Silvestrin soluções em RH
    silvestrinrh@gmail.com
    http://www.silvestrin.com.br

    ResponderExcluir