sábado, 28 de outubro de 2006

O Verde no Cinza

.
.
.
O VERDE NO CINZA
(André L. Soares – 05.02.06 – V. Velha/ES).
.
É um mundo de falsa paz
Vigiado por ogivas nucleares
Onde, enquanto o Hubble viaja
Especulando o espaço sideral
Todos os dias, crianças morrem aos milhares.

É um cenário contraditório
No qual a fome se expande
Entrecortada por programas paliativos
Que distribuem insuficientes alimentos
Intoxicados e vencidos.

É um planeta devastado
Em que, por incrível que pareça
Salva, ainda, uma beleza que resiste
Na mulher de longos cabelos negros
E apaixonantes olhos tristes.
.
.
.

8 comentários:

  1. O mundo é realmente condratitório.
    Belo poema.

    ResponderExcluir
  2. Que bom que gostaram do meu blog. bBom saber que tbm gostaram do que escrevo. Tudo bem em me add aqui. Só não fiz o mesmo com o blog de vcs pq não sei, quem faz isso pra mim é um a migo, hehe. Assim que der, pedeirei a ele que adicione o blog de vcs no meu.
    Ficaria feliz em postar minhas crônicas na comunidade, da qual já estou fazendo parte: Parceiros de prosa e poesia.
    Podem me add no orkut tbm, assim será melhor para nos falarmos. É Cinthia Belonia mesmo.
    Beijossssssss

    ResponderExcluir
  3. ronilson paulino8:53 AM

    Parabéns pelo seu bloog, também escrevo poesia e gostaria de saber se há espaço para os anônimos.
    Eis uns versos meus:

    Sou quase
    sempre tu,
    e depois de ti,
    já não sei
    quem sou.
    @ronilson paulino

    ResponderExcluir
  4. pow. gostei muito da iniciativa. tenho um blog também, com meus poemas. tentando publicar em tudo que é lugar. adorei isso aqui. se tiveres um tempo e puder passar no meu. grata. beijos. anelise.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo8:20 AM

    Parabéns!!! Adorei o espaço!
    Beijos,
    Antonio Carlos
    www.contemplacaopoetica.com.br

    ResponderExcluir
  6. Meus queridos amigos André e Rita, seus blogs estão muito bonitos, seus poemas são lindos, principalmente aqueles que falam, com tanta beleza e propriedade, sobre as injustiças de nosso tão conturbado mundo. Parabéns.
    Abraços.
    Eloah

    ResponderExcluir
  7. Quando leio poemas como este reflito ainda mais...o verde no cinza...é uma esperança que tenho medo que seja perdida.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Belo poema. Reflete bem a situação caótica na qual nosso país se encontra.

    ResponderExcluir